Allan Kardec

Um olhar para a Eternidade

A peça “Allan Kardec: Um olhar para a eternidade” foi encenada pela primeira vez em 1997 e ainda hoje, por onde passa, é sucesso de público.
O ator Rogério Fabiano interpretou Allan Kardec nos três primeiros anos da peça, depois o papel ficou com outros atores como Roberto Pirillo. No ano passado, Rogério retomou o projeto, que chega a Sorocaba. “Estamos viajando o Brasil, acabamos de apresentá-la em Manaus, onde tivemos casa sempre cheia nos dias das apresentações”, explica o ator Rogério Fabiano, em entrevista ao BOM DIA.
A intenção do grupo de atores é de atrair um público eclético para as apresentações em Sorocaba.
No espetáculo, que conta com direção da atriz Ana Rosa, são cinco atores que interpretam, ao todo, 30 personagens.
Rogério ressalta que “a peça não é doutrinária. Ela conta a biografia de um grande mito universal. Desde quando ele nasceu até sua morte”.
Antes de se dedicar à observação e ao estudo dos fenômenos espíritas, o educador, escritor e tradutor francês Hippolyte León Denizard Rivail, era cético e pragmático. “O público vai se aventurar pela vida dele, porque poucos conhecem o lado cientista e filósofo.
Apenas aos 56 anos de idade Allan Kardec se tornou conhecido como missionário da doutrina espírita e ele morreu aos 64 anos”, conta.
Uma das músicas da trilha sonora do “Allan Kardec: Um olhar sob a eternidade” é “Canção de Ninar”, composta por Elba Ramalho, especificamente para o espetáculo.
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Ficha TĂ©cnica

Direção: Ana Rosa

Elenco
Mário Cardoso
Anja Bitencourt
Érica Collares
Leandro D´Mello
Marcelo Alonso
Renata Pirillo
Rogério Fabiano
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec
Allan Kardec