Camille e Rodin

com Melissa Vettore e Leopoldo Pacheco

Os atores Leopoldo Pacheco e Melissa Vettore interpretam a vida íntima de Camille Claudel e Auguste Rodin, com direção de Elias Andreato e texto de Franz Keppler.
A peça conta a história de amor vivida pelos escultores franceses. Dois grandes gênios criativos, ávidos por compreensão e liberdade, que se imortalizaram na história da arte contemporânea. No universo da arte dos séculos XIX e XX, a história leva o espectador a uma impactante reflexão e viagem no tempo.
Ao chegar à Paris, muito jovem, Camille se torna aluna, discípula e amante de Rodin. Ao mesmo tempo que combate o preconceito da sociedade como mulher e artista, posa para ele e fascina-o com sua personalidade. O diálogo amoroso se torna presente nas obras dos dois.
A intuição criativa de Camille e os anos de estudo de Rodin, tornam a obra de um e de outro próximas, ao ponto de não sabermos qual obra copiou o outro, que marcou a vida e a obra de ambos para sempre.
Auguste Rodin se torna o maior escultor de todos os tempos e Camille enfrenta a desilusão amorosa, a rejeição da família, as dificuldades financeiras, destrói muitas de suas obras e entrega-se à solidão e à loucura, quando é internada à força aos 49 anos, onde passará os 30 anos seguintes de sua vida.
Camille e Rodin
Camille e Rodin
Camille e Rodin
Camille e Rodin
Camille e Rodin
Ficha Técnica

Direção: Elias Andreato
Texto: Franz Keppler
Atores: Leopoldo Pacheco e Melissa Vettore
Camille e Rodin
Camille e Rodin
Camille e Rodin