Palavra de Mulher

com Lucinha Lins, Tania Alves e Virgínia Rosa

O clima √© de cabar√©, com mesas e cadeiras para os clientes, sof√° em forma de div√£, uma arara com figurino feminino presa ao teto, sapatos femininos dispostos em toda a extens√£o do palco e cortinas e muito tule, sendo que o tom predominante √© o vermelho. Com os m√ļsicos tocando ao vivo, uma a uma as cantoras ‚ÄĒ vestidas a car√°ter (figurino provocante de cabar√©)‚ÄĒ, come√ßam a viver as mulheres retratadas nas can√ß√Ķes. N√£o √© um show, n√£o √© uma pe√ßa teatral, n√£o √© bal√©. √Č exatamente uma mistura de tudo isso embalado com as can√ß√Ķes do mestre Chico Buarque, que como ningu√©m sabe traduzir a alma das mulheres em suas composi√ß√Ķes. Palavra de Mulher, em cartaz no Teatro Cleyde Y√°conis at√© 23 de outubro, re√ļne Lucinha Lins, Tania Alves e Virg√≠nia Rosa que interpretam 26 can√ß√Ķes, acompanhadas por Ogair Junior (piano e acordeon), Marcos Paiva (contrabaixo) e Ramon Montagner (bateria e percuss√£o).
Para iniciar, os m√ļsicos executam √ďpera do Malandro e em seguida Virg√≠nia Rosa √© a primeira a se apresentar bem √† frente do palco, no microfone de pedestal. Al√©m de Palavra de Mulher, que d√° nome ao espet√°culo, ela canta Meu Namorado, de maneira brejeira e delicada. Tania Alves √© a segunda a participar, com um imenso tule negro cobrindo todo o corpo. Canta Funeral do Lavrador, parceria de Chico com o poeta Jo√£o Cabral, da pe√ßa Morte e Vida Severina; com Lucinha e Virg√≠nia em cena e participando como coro, √© um dos momentos de emo√ß√£o e teatralidade extremas!
Quebrando o clima, Tania agradece e cumprimenta a plateia, dizendo que seu ingresso para o mundo fonogr√°fico foi por interm√©dio de Chico (participou da pe√ßa de Jo√£o Cabral, al√©m de Calabar e √ďpera do Malandro). Com total desenvoltura no palco, Tania canta v√°rias can√ß√Ķes, imprimindo desde sensualidade, alegria at√© a dor m√°xima com Peda√ßo de Mim:

“Oh, pedaço de mim
Oh, metade afastada de mim
Leva o teu olhar
Que a saudade é o pior tormento
√Č pior do que o esquecimento
√Č pior do que se entrevar

…Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que j√° morreu‚Ä̂Ķ

Versos de beleza tamanha revelando uma tristeza atroz! Foi difícil conter as lágrimas…
Novamente o clima √© quebrado para a entrada de Lucinha Lins, que tamb√©m j√° viveu personagens da obra de Chico, como Vit√≥ria R√©gia de √ďpera do Malandro e Nancy de O Cors√°rio do Rei. No palco ela vem como madame, propriet√°ria do cabar√©: depois de interpretar algumas can√ß√Ķes como Tango de Nancy e Tatuagem, ela ordena que as ‚Äúmeninas‚ÄĚ trabalhem direito! Virg√≠nia e Tania fazem uma deliciosa cena de plat√©ia, em total descontra√ß√£o.
Palavra de Mulher
Palavra de Mulher
Palavra de Mulher
Palavra de Mulher
Palavra de Mulher